Posts Tagged: Pistas


4
fev 14

COPING MECHANISM

Um documentário sobre Malmö, Skateboarding e Concreto.

Via Pierre Jambé


16
nov 11

SESSION DE DESPEDIDA DA PISTA DE TAQUARA

Clique na imagem para ver em tamanho grande.

Clique na imagem para ver em tamanho grande.

No próximo sábado, dia 19 de novembro, vai acontecer em Taquara, RS, a session de despedida da pista de skate do Clube GEU (Grêmio Estudantil União).
O clube foi vendido e a clássica pista que foi inaugurada em 1979, vai ser demolida para construção de um condomínio.
Uma turma de skatistas da cidade conseguiu que fosse feita uma última session antes da demolição e fizeram uma reforma na pista para essa despedida.
A noticia é triste, mas sábado, em vez de um minuto de silêncio, vamos fazer um dia inteiro de muito barulho de grinds e carvings no coping da pista!

Local: Pista de Skate do GEU, Taquara, RS.
Data: Dia 19/11/2011, a partir das 10h.
Para a localização da pista no Google Maps clique aqui.

Via Mauricio Meneghel


27
out 11

160 SECONDES Á MARSEILLE

We made a journey down to Marseille to skate for a couple of days in october 2011. Here´s what happened…

Via Klapp & Co


14
out 11

SALBA CRUZ AT LAKE CUNNINGHAM

Thomas and Dave Freil, Salba, Tristan Rennie, Josh Borden, Christian Hosoi.

Via thescreaminghandful


9
out 11

JOSH MATTSON @ ETNIES

Josh Mattson at Etnies Skate Park of Lake Forest
Music by Devo
Filmed and edited by Digital Dog Productions

Via cdskate2008


28
set 11

VANS SKATE PARK CA BY ARTVIDEOPHOTO

Riders: Murilo Peres and Evandro Mancha

Via Art Video Photo


27
set 11

THE DOG FATHER PREVIEW

“THE DOG FATHER” SNEAK PREVIEW BY JONATHAN PENSON 2011

Via dogtownredemption.com


17
set 11

FIM DE SEMANA NO (SKATE) PARK

Dr. Lucas Teixeira, GJz e Renatão D'Oliveira - uns 110 anos de skate, suados e felizes.

Dr. Lucas Teixeira, GJz e Renatão D'Oliveira - uns 110 anos de skate, suados e felizes.

Texto e fotos: Guto Jimenez

“Chegou fim de semana, todos querem diversão…”

Impossível não se pensar na música clássica dos Racionais MCs, especialmente quando se tem a oportunidade de fazer uma viagem de fim de semana com o objetivo único de curtir um lazer. “Ora”, você deve pensar, “isso é normal na vida de qualquer um”… Certo, mas não na minha; quando viajo, é quase sempre a trabalho e já tinha um tempo que eu não fazia uma trip sem roteiro nem horário, com o simples objetivo de passar o tempo num lugar longe da minha cidade.

O destino já estava na minha cabeça há tempos: Porto Alegre. Por quë?! Bem, vários motivos: fazer uma viagem com a namorada, algo que não tinha a chance de fazer ainda; aproveitar um pouco do tempo frio, objetivo que é esculachado com o tal “inverno” carioca de 30 graus; comer e beber bem a um preço justo, o que é cada vez mais difícil no Rio – e, principalmente, conhecer e andar no Banx.

A pista de skate em si já é algo que vinha fazendo parte dos meus objetivos faz tempos, desde que o Renatão falou que “o coping é de granito mas desliza como manteiga” (!) Bem, pra qualquer tiozão como eu – que já começa a se cansar depois de meia hora de sessão numa pista -, isso soa como um bolo de chocolate com cobertura de chantilly e granulados pra um chocólatra – ou seja, irresistível. Uma cápsula com concreto liso, com transições perfeitas e o tal “coping deslizante” que meu camarada havia falado, sem frescuras mas cheio de boas intenções. Só a pista já me faria pegar um vôo pra poder dar uns rolés, sem pensar duas vezes…

… mas o que mais me atraiu ao Banx foi conhecer o conceito relativamente recente no meio do skate que os irmãos Fernando e Gustavo Tesch implantaram no local. Eles construíram um lugar que gravita em torno do skate, mas não se prende exclusivamente a ele. Assim, a casa enorme tem a skateshop obrigatória, e mais bar, lanchonete, lounge rooms, varandão, deck pra relax, churrasqueira e conexão wifi pra quem quiser ficar conectado. Essa é uma tendência em voga pelo mundo afora: oferecer o máximo de opções de diversão e lazer num local onde há uma pista de skate particular. Há ao redor do planeta pistas de skate com bares, cafeterias, mesas de sinuca e até com área pra boliche e barbearia!

Bem, então você se questiona: “Ué, então se não tem novidade alguma, qual é a grande façanha no Banx?!” Ela se chama FÉ; os irmãos Tesch acreditaram num conceito quando a imensa maioria envolvida no skate na Região Sudeste ainda se prende ao conceito “pista com skateshop” ou “skateshop com pista”, e fica divulgando aos quatro ventos um monte de bobagens. Quer ler algumas?! “Pista de skate não dá lucro”, “skatista só se liga em skate, não se envolve em quase mais nada além disso”, “o que importa é a pista em si, não onde ela se localiza” e “não se pode vender bebida alcoólica numa pista porque vai dar problema”, só pra citar algumas falácias.

Os Tesch não deram ouvidos a essas bobagens. Seguiram seus instintos, ralaram muito duro pra transformarem o sonho em realidade e, agora, comemoram o sucesso de sua empreitada. Por tudo o que esses caras estão fazendo pela cena de skate local, e pelas realizações que estão prestes a atingir ainda, falo sem a menor sombra de dúvida: os Irmãos Tesch são os maiores empreendedores do skate em nosso país na atualidade.

Gauchada, aproveitem o Banx – vocês não tem ideia do luxo que é aquele lugar!

Tudo lembra skate no Banx: do balcão da lanchonete em formato de extensão com coping...

Tudo lembra skate no Banx: do balcão da lanchonete em formato de extensão com coping...

... até a transição em acrílico na bancada de um dos lounge rooms.

... até a transição em acrílico na bancada de um dos lounge rooms.

Parte da "Cachorro Louco Crew" e amigos relaxando num dos lounges...

Parte da "Cachorro Louco Crew" e amigos relaxando num dos lounges...

... outro lounge, esse pra ficar bem à vontade mesmo.

... outro lounge, esse pra ficar bem à vontade mesmo.

Arte do Rebel na entrada do varandão...

Arte do Rebel na entrada do varandão...

... enquanto que o Barnero soltou um dos seus passarinhos ao lado da churrasqueira, bem ao fundo do terreno.

... enquanto que o Barnero soltou um dos seus passarinhos ao lado da churrasqueira, bem ao fundo do terreno.

Deck superior com vista parcial da cobertura retrátil - garantia de sessão com sol ou chuva.

Deck superior com vista parcial da cobertura retrátil - garantia de sessão com sol ou chuva.

Ritielli, Manu, GJz, Marcelo e Renatão. A loira de amarelo chama-se Patrícia e estava gelada...

Ritielli, Manu, GJz, Marcelo e Renatão. A loira de amarelo chama-se Patrícia e estava gelada...

Gastronomia e arte no primeiro andar...

Gastronomia e arte no primeiro andar...

... também no segundo...

... também no segundo...

... com vista pra pista de skate.

... com vista pra pista de skate.

Para conhecer o trabalho do Guto Jimenez entre nos links abaixo:
skateboardingmilitant.blogspot.com
jimenezine.blogspot.com

Para saber mais informações sobre o Banx clique aqui.

Quero agradecer ao Guto e a Manu pela visita, session de skate, cervejada e pelo post no Skateonline. É uma honra ter um texto do Guto no meu blog!
Um grande abraço
Renatão


13
set 11

LANCE MOUNTAIN

Lance Mountain
Combi Pool Sessions

via skateboard.tv


12
set 11

CHELSEA PIERS

Quiksilver presents Birdhouse MIA to NYC @ Chelsea Piers, NY

Via BirdhouseSkateVideos